Para uma melhor experiência neste site, utilize um navegador mais moderno. Clique nas opções abaixo para ir à página de download
Indicamos essas 4 opções:

Ok, estou ciente e quero continuar usando um navegador inferior.
Colégio Unesc

Experiência educativa no Museu de Zoologia:
animais diurnos e noturnos em foco

Visitas e participação nos projetos são oferecidos gratuitamente a toda a comunidade (Fotos: Vanessa Clarinda/ Agecom/ Unesc)

Para inspirar as crianças do primeiro ano do Colégio Unesc a preservar a fauna desde o início da formação educacional, os professores juntamente dos alunos visitaram o Museu de Zoologia Professora Morgana Cirimbelli Gaidzinski para receberem uma aula teórico-prática com a temática “Animais diurnos e noturnos”. A dinâmica que aconteceu na tarde desta sexta -feira (5/07), integra o programa educativo “Escolha Animal”.

O Museu de Zoologia oferece aulas específicas, focadas em temas relacionados à fauna e a questões ambientais, conforme solicitado pelos professores das instituições de ensino. “A alfabetização está sendo trabalhada com as histórias dos livros ‘Matilde, a Vaquinha com Pescoço Torto’ e ‘A Corujinha Irritada’, ambos de autoria da professora do curso de Pedagogia da Unesc, Gislene Camargo”, explicou  a professora Morgana Fogaça Cabreira dos Santos.

“Essas histórias, que envolvem animais diurnos e noturnos, são utilizadas no componente de Ciências para estimular a alfabetização e integrar os componentes curriculares, que contribuem para o desenvolvimento dos alunos”, concluiu.

Dentro do tema proposto, a equipe do Museu explorou o funcionamento dos sentidos, a vocalização e as características específicas que possibilitam aos animais sobreviverem em ambientes variados. “Os animais usam a luz para regular os ciclos de sono, alimentação e até mesmo os batimentos cardíacos. Os diurnos são mais ativos durante o dia, enquanto os noturnos descansam nesse período”, explicou a acadêmica do curso de Ciências Biológicas, Isadora Antonelli.

O biólogo Gabriel Ferreira Pereira utilizou animais taxidermizados para exemplificar às crianças as características físicas e os comportamentos dos animais durante os períodos de atividade diurna e noturna. Na atividade, as crianças puderam tocar nos animais, o que lhes permitiu sentir as diferenças na pelagem e compreender melhor as adaptações de cada espécie.

No museu de Zoologia cerca de 40 alunos participaram da dinâmica, entre elas a aluna Catherine Herath Brigo, de seis anos de idade, que achou a atividade educativa bastante interessante. “Pude ouvir os sons da coruja e descobri que ela voa silenciosamente. Além disso, tive a oportunidade de tocar nos animais com pelagem macia, o que foi muito legal”, relatou Catherine.

Horário de funcionamento  MuZoo

Aberto a visitação pública e gratuita de segunda a sexta-feira das 8h às 22h; aos sábados das 8h às 17h.

Agendamentos de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h às 18h. Ou pelo WhatsApp (48) 3431-2573.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *